Isaac flex novel
Isaac

Isaac: Capítulo 27

Os quatro governantes das ruas da Nova Cidade Portuária sentaram-se juntos. Normalmente essas reuniões se transformavam em uma espécie de batalha, onde todos os presentes trocavam insultos. Mas desta vez, pela primeira vez, eles conseguiram chegar a um acordo juntos. Todos compartilhavam o mesmo ou pelo menos um ponto de vista semelhante.

Dinozo entrou na sala e os olhos de todos se voltaram para ele. Com o mesmo rosto inexpressivo, ele caminhou lentamente até a mesa e se serviu uma taça de vinho.

Foxt sem paciência perguntou a Dinozo.

“O que os mestres na Cidade Portuária disseram?”

Cada organização tinha seu próprio mestre , mas a única pessoa que podia vê-los era Dinozo. Na verdade, foram eles que o fizeram capitão da Polícia da Nova Cidade Portuária. A sua tarefa não era apenas servir de intermediário entre as organizações durante os conflitos, mas também trabalhar como mensageiro e arrecadando “donativos”, que eram devolvidos aos senhores da Cidade Portuária.

“Disseram-nos para resolvermos o problema sozinhos. Eles estão tendo problemas demais para criar sua própria Guilda, então disseram que não têm tempo para nós agora.”

“Hmph! E pensar que eles disseram todas aquelas palavras grandiosas quando conseguiram a porra do dinheiro! ”

“Até eles querem evitar ser relacionados para o caso da Central. Eles estão bastante agitados com a constante interferência das Sete Grandes Guildas de Comércio em seu projeto. Isso não foi dito em voz alta, mas pude perceber pelo seus olhos que não querem que causemos nenhum problema que possa dificultar as coisas para eles. ”

“Parece que até mesmo esses bastardos arrogantes têm medo da Central.”

“Acha que existe algum homem que poderia enfrentar a Central?”

Por alguma razão, o rosto de Isaac imediatamente veio à tona na mente dos presentes, mas eles afastaram o pensamento. A melhor maneira de lidar com os loucos é não ter nada a ver com eles.

“Isso significa que a partir de amanhã eu terei que alimentar essas crianças malditas?”

“Sim.”

Todos suspiraram com as palavras de Dinozo. Eles ficaram confusos com esta mudança repentina de eventos. Todos aqui eram gênios do crime que subiram ao poder por meio de vitórias contra incontáveis ​​outros criminosos e organizações. As mortes foram apenas a ponta do iceberg. Muitas pessoas soluçaram lágrimas de sangue por causa desses cinco. Eles não hesitaram em roubar, sequestrar e exigir resgate, por todos os meios para destruir inocentes e inimigos.

Eles eram as mais escuras das sombras do beco. Sua natureza de sangue frio despertou medo em todos que ousaram lançar pelo menos um olhar para eles. E agora eles terão que fazer um trabalho de caridade e alimentar todos os órfãos nas ruas desta cidade podre. Mas os sem-teto e os órfãos são a parte de baixo da cadeia alimentar, mesmo nesta cidade cheia de desesperança e vidas arruinadas.

“Se obedecermos às ordens desse cara, nossos próprios capangas podem se tornar um problema sério.”

Aqueles que perdem sua reputação perdem a cabeça com isso. Essa é a regra oculta nas ruas. Eles tinham medo de perder sua reputação e orgulho, porque em certa época foram capazes de ocupar cargos tão elevados justamente porque seus antecessores tropeçaram de uma forma ou de outra.É por isso que eles usaram todas as medidas de crueldade para se vingar, mas eles não podiam fazer nada contra Isaac porque eles sempre estarão no lado perdedor.

“Então é só sair.”

“…”

Todos se calaram com as palavras de Dinozo. Essa de fato é a melhor solução. Se você tiver problemas sérios em sua casa, você pode encontrar uma nova. Todos eles economizaram uma quantidade significativa de riqueza própria, o que lhes permitiria viver uma vida confortável, não importa aonde fossem. Mas mesmo esse poder que eles acumularam era algo que eles queriam proteger. Além disso, eles fizeram muitos inimigos para chegar onde estão. No momento em que deixam sua matilha, eles se tornam vulneráveis ​​a tudo o que vem em seu caminho.

Sem ter decidido nada, então os presentes do puderam suspirar.
——

“Whaaaah! Dormi muito bem!”

“Hehe, bom dia, Sr. Isaac.”

Ratt listou todas as maldições e insultos que conhecia em sua mente enquanto trazia um balde de água para Isaac lavar o rosto. Isaac se recusou a morar em uma casa na Nova Cidade Portuária que foi preparada para ele, optando por ficar na Prefeitura como sua residência.

Apesar de ser um pequeno prédio de dois andares, ainda tinha tudo o que era necessário para funcionar como um prédio do governo. Mas por causa da decisão de Isaac de morar aqui, toda a força policial foi chamada para realizar uma operação de limpeza massiva no local, Os caras fizeram um ótimo trabalho, não deixando para trás um único grão de poeira. Isaac também conseguiu alguns móveis, transformando o prédio em uma casa confortável para morar, atendendo plenamente suas necessidades.

Assim que Isaac terminou de lavar seu rosto, Ratt prontamente lhe deu uma toalha.

“Seu café da manhã estará pronto em alguns minutos.

“Não precisa.”

“Desculpa?”

“Eu disse que não precisa”

Ratt olhou para Isaac como se tivesse visto um fantasma. Na semana passada, Isaac o usou como um saco de pancadas se a comida fosse servida a ele, mesmo um segundo depois. Toda a violência se concentrou exclusivamente no nariz de Ratt, e logo ele perdeu todas as chances de recuperação. Amassado, torcido e achatado, desfigurou visivelmente o rosto de Ratt, tornando-o realmente horrível.

E agora este homem terrível declara que não tomará café da manhã.

Enquanto Ratt se perguntava qual seria o motivo de tal comportamento estranho e inesperado, Isaac jogou a toalha fora, se vestiu e saiu da prefeitura.

Ratt o alcançou do lado de fora da porta.

“Você… onde você está indo, senhor?”

“Para o café da manhã.”

“O que? Posso rapidamente…”

“Tudo bem. Meu corpo já está doendo pelo fato de que durante toda a semana passada eu não fiz nada além de dormir e comer. Agora quero dar um passeio e, se tiver sorte, encontrar comida de graça em algum lugar ao longo do caminho.”

“Mas onde você está…”

“Bem, já imagino.”

Ratt subiu ao posto de vice-capitão graças à sua lisonja excepcional e raciocínio rápido. Portanto, ele entendeu facilmente o significado das palavras de Isaac.

“Vá para o quartel da polícia. Na verdade, foi nosso capitão quem governou esta cidade até agora. Por que vocês dois não tomam café da manhã juntos e aproveitam ao máximo o seu tempo. Por exemplo, discutindo o impostos cobrados na Nova Cidade Portuária?”

“Hm, vou para Alfa.”

“Nós não sabemos o que aquele bruto estúpido vai fazer! Até mesmo ficar com ele na mesma sala prejudicaria sua reputação. ”

“Quem disse que vou comer com ele?”

“O que? Mas com quem, então?”

Quase todos os armazéns da cidade estavam localizados na área. Todos os navios atracados nos portos descarregavam suas mercadorias lá, e os trabalhadores tinham a tarefa de vigiá-los. De fato, Foxt recebeu o título de chefe da associação juvenil, mas, como Isaac corretamente observou, sua principal ocupação era ganhar dinheiro com os trabalhadores contratados na área.

Em primeiro lugar, todos os trabalhadores foram obrigados a entrar na associação. O grupo de Foxt fez o possível para garantir que ninguém mais pudesse conseguir um emprego aqui. Assim que ingressam, são forçados a pagar um terço de sua renda à associação como taxa de filiação todos os dias.

Além de oprimir os trabalhadores com essa política, ele também administrava um negócio de agiotagem e fez seus trabalhadores se sentarem em uma montanha de dívidas, pegando de volta o resto da renda dos trabalhadores para pagar seus juros. Os trabalhadores foram forçados à escravidão neste momento.

Todos os comerciantes que se recusaram a doar para a associação foram perseguidos por se recusarem a descarregar ou armazenar suas mercadorias nos depósitos até que não tivessem escolha a não ser pagar. Qualquer um que tentou resistir foi brutalmente morto e jogado nas ruas como um exemplo para os outros.

Foxt governou a área por meio do medo e da violência.

‘Não deixe as crianças morrer de fome.’

Essa ordem era incompreensível para ele, mas não podia ser recusada. Ninguém quer fazer isso, mas eles não tinham escolha. Portanto, a ordem foi executada da maneira mais desprezível possível, e todos os distritos cumpriram essa ordem à sua maneira.

Foxt era um homem que agir antes de suas palavras. Ele nunca teve a intenção de fazer um esforço para cumprir a ordem que odia. Então, tudo o que ele fez foi dar a impressão de que estava seguindo a ordem de Isaac.

“Venham pegar comida, vermes nojentos!”

Com um idiota como líder, todos os seus seguidores naturalmente se tornaram do mesmo tipo. Isaac até se perguntou como esses cretinos foram capazes de construir pelo menos alguma aparência de negócio, mas aparentemente, eles simplesmente adotaram o modelo já feito de outra pessoa.

Bem no limite das docas ficavam a parte da favela mais pobre. Cidadãos que não tinham dinheiro para morar nem mesmo na pior pousada. Crianças e idosos que não conseguiam encontrar um lugar para trabalhar.

!

O criminoso chutou o barril, derramando o que tinha dentro. Havia uma sopa e espalhou-se pelas ruas sujas. Cozido com água do rio mal fervida, continha uma grande variedade de lixo como ingredientes. Chamar isso de sopa era um nome bom demais.

“Ahh! Sempre que os vejo começo a ficar puto.”

E o criminoso cuspiu com raiva no chão. Ele recebeu esse papel porque estava com a vara curta.

As crianças e os idosos correram para fora dos becos e cuidadosamente pegaram o que podiam do chão. Para pessoas que passaram fome a maior parte de suas vidas, até mesmo essa imundície era um presente dos céus. Com as mãos trêmulas, eles rapidamente limparam a rua, temendo que a qualquer momento o bandido mudasse de ideia e os atacasse. E depois que a rua foi limpa, eles se esconderam.

Isaac, que estava observando desde o início, coçou a cabeça e caminhou até os criminosos que distribuíam a comida.

“Ei.”

“O que você quer?! Fizemos o que você pediu. ”

Quando Isaac se aproximou, o criminoso virou o barril de cabeça para baixo. Foi um ato rebelde, mostrando o quão ‘bem’ ele havia atendido a ordem de Isaac. Isaac aproximou-se calmamente e pegou uma maçã podre que estava bem perto da perna do homem. A fruta só ficou intacta porque os moradores da favela tiveram medo de se aproximar para pegá-la.

Lançando um rápido olhar para a maçã podre, Isaac calmamente deu uma mordida nela. Até mesmo os criminosos congelados ficaram surpresos com seu ato. Eles não achavam que ele realmente comeria.

Depois de mastigar a maçã, Isaac cuspiu sob seus pés e chamou Ratt com o dedo.

“Você me chamou?”

“É nojento.”

“Oi?”

“Eu disse que é nojento pra caralho!”

!

Isaac pegou algo de madeira, que provavelmente deveria ter sido usada para servir a sopa, e jogou em Ratt.

!

O que Isaac pegou quebrou em pedaços e sangue descia da cabeça de Ratt.

“Eu não me importo se você faz comida com o lixo ou faz sopa com o esgoto. É uma refeição especial e refeições especiais requerem ingredientes especiais. Mas se for uma refeição especial, deve pelo menos ter um sabor agradável! Eu sou um retardado para você? Sou?! Eu tenho mesmo que enfiar esse pedaço de merda na minha boca?!”

!

Os criminosos assistiram surpresos e confusos enquanto Isaac chutava Ratt, como se o rosto do homem fosse uma bola de futebol para ele. Assim que terminou de pisar na cabeça de Ratt, ele se virou com uma expressão aliviada.

“Ufa! Eu sabia que precisava de algum exercício. Levante-se.”

Ratt, que estava enrolado para proteger sua cabeça, rapidamente se levantou e Isaac se virou para ver os criminosos novamente. Eles estremeceram, sentindo a aura impiedosa que envolvia este nobre de aparência jovem.

“Traga comida normal e redistribua. Deve ser algo que eu possa comer e dizer “ah, que delícia.” Caso contrário, ele morrerá.”

“Eu não me importo se ele morrer.”

O bandido que respondeu tinha certeza de que Isaac simplesmente não entendia o que estava acontecendo aqui. Ratt não fazia parte de sua organização. Eles não eram exatamente inimigos, mas não havia motivo para este criminoso fazer o seu melhor para salvar este homem.

Isaac deu ao criminoso um olhar estranho, e então sorriu ironicamente, e voltou a bater em Ratt.

“Olha, esse cara se acha o mais inteligente aqui. Ele está aparentemente tentando me fazer matar um dos líderes da organização rival. Nada mal. Se você sobreviver hoje, tome cuidado. Esse cara provavelmente nutre ambições nada infantis.”

Ao ouvir isso, Ratt imediatamente se voltou para os criminosos. Parecia que ele estava prestes a acabar com os dois. Seu nariz mutilado e rosto ensanguentado ajudaram a ajudar sua intimidação. A expressão em seu rosto era uma mistura de raiva e desespero, como se ele estivesse se perguntando por que ele está passando por essa merda.

“Nós… já voltamos!”

Os criminosos rapidamente desapareceram, fugindo da aparência assustadora de Ratt.

Assim que os criminosos desapareceram, Isaac se virou para olhar Ratt. Ele estava em um estado terrível s e suas mãos estavam fechadas, tremendo. A qualquer momento. Ele parecia pronto para matar Isaac.

“O que?” O jovem perguntou a ele com um sorriso. “Você está com raiva? Você quer me matar?”

“… Não senhor.”

“Suas mãos dizem o contrário.”

Ratt tentou abrir as mãos, mas suas mãos nem mesmo abriram corretamente por causa da força com que ele estava fechando os punhos.

Isaac deu um tapinha nas bochechas dele, mais humilhante do que doloroso.

“Não fique tão bravo. É assim que este mundo funciona. Os fracos só sofrem porque são mais fracos. O que está acontecendo com você agora não é diferente do que você mesmo está fazendo com os habitantes desta cidade. É que você foi a vítima desta vez.”

“…”

Isaac sentou-se em caixas de madeira. Acendendo um cigarro, ele apoiou o queixo na mão pensativamente e olhou para o Grande Canal. Os únicos navios que viu no velho mundo foram os navios de cruzeiro e os barcos de pesca. E agora à sua frente estavam galeões gigantes, quase iguais aos usados ​​por nós no século XVII.

(NT: Galeões navio de vela de alto bordo, de guerra, ou mercante.)

Assistir esses navios passando por ele o fez lembrar de suas memórias, de como ele memorizou o mapa mundial jogando Águas inexploradas.

Os trabalhadores do porto davam uma olhada rápido em Isaac sempre que passavam por ele. Boatos sobre as ações do novo administrador há muito se espalham pela cidade.

“Hm, o centro de transporte e distribuição de mercadorias. Acho que não é mentira, considerando todos os navios que passam por aqui. ”

Isaac poderia contar centenas de navios com uma rápida olhada através dos canais e do Lago Levonen. Além disso, é importante notar que o próprio lago e as montanhas Minolen não eram chamados de atração turística à toa – as vistas eram realmente incríveis.

Isaac se virou, e na frente dele estava a distribuição de comida que agora tinha uma aparência bem organizada. Ratt estava pronto para atacar qualquer um que tentasse fazer algo de errado. Todos os criminosos não tiveram escolha a não ser distribuir uma refeição decente para as pessoas das favelas sem reclamar.

“Não era isso que eu esperava. Eles realmente se atrapalharam ou simplesmente decidiram me ignorar?”

Ele tinha experimentado, da maneira mais difícil como pessoas realmente famintas podem se tornar egoístas e nojentas.

Assim como Isaac havia ordenado, as únicas pessoas que receberam a comida foram crianças. Os mais fracos das favelas. Isaac esperava que algumas pessoas que tentariam roubar comida das crianças.

Ele esperava uma bagunça entre adultos que tentariam roubar a comida e esperava que as crianças estivessem prontas para defender a comida às custas de suas próprias vidas. Mas o que aconteceu em vez disso foi que eles correram para os becos e compartilharam a comida com os outros com seus rostos transbordando de felicidade.

“Uma favela onde a ordem é mantida.”

E por que as pessoas das favelas são tão rejeitadas? Porque eles são sujos? Porque eles são pobres?

Não. Como regra, porque eles estão prontos para matar uma pessoa por uma moeda. Por um pagamento insignificante, eles se voltarão sem remorso contra aquele que um dia os ajudou. Um grupo de indivíduos egoístas . E eles nem conseguiram fazer isso direito, e foi por isso que acabaram neste buraco.

É verdade que quem compartilhava comida era o mais fraco da favela, as crianças e os idosos. Mas não haveria alguém que cobiçaria os fracos? Alguém que se atreveria a atacar uma presa que não poderia resistir?

Os fortes atacam os fracos, os fracos tentam se defender dos fortes. Se essas pessoas não estavam se aproximando deles, isso significava que havia algo mais que protegia este grupo.

Isaac olhou para os criminosos intimidantes. Esses caras definitivamente não pareciam defensores. Mesmo os cinco que governavam a Nova Cidade Portuária viam seus cidadãos apenas como uma fonte de dinheiro, e certamente não como alguém que precisavam ser proteger.

Isaac puxou outro cigarro e deu uma longa tragada antes de murmurar.

“Ao que parece, há algo que nem os chefes sabem. Heh, que lugar interessante… mas bom, não é da minha conta. ”

Ele jogou o cigarro no canal e se levantou para olhar a cidade cidade vizinha.

“Acho que, desde que me mudei para cá, faz sentido me apresentar aos vizinhos.”

——

Pessoas andando usando roupas elegantes pela ponte limpa e segura, irritou Isaac.

O único caminho que ligava as duas cidades era através da Ponte aérea. Era alta o suficiente, pelo menos vinte metros acima do nível da água, para que os navios pudessem passar facilmente por baixo. A ponte oferecia uma das vistas panorâmicas mais famosas de todo o Império.

Tamanha fama fez com que no topo da ponte sempre houvesse muita gente admirando as vistas. Os marinheiros dos navios que passavam abaixo acenavam para os espectadores.

“Não sei quem teve essa ideia, mas eles fizeram um ótimo trabalho.”

Isaac ficou realmente impressionado com a vista da ponte. Ouvindo sua voz, Ratt, que o estava seguindo, imediatamente se aproximou.

“Você está planejando ir para a Cidade Portuária?”

“E o que? Não posso?

“Não tenho certeza se isso também se aplica ao administrador, mas…”

Isaac riu e deu um tapa na nuca de Ratt, impedindo-o de terminar a frase.

“Não me diga que as pessoas da Nova Cidade Portuária não estão autorizadas a visitar a Cidade Portuária!

“Bem, sim.”

“O que?”

“As pessoas da Cidade Portuária são livres para visitar a Nova Cidade Portuária sempre que quiserem, mas para as pessoas da Nova Cidade Portuária tem que ter a aprovação de nosso Capitão, Bem, além de uma explicação detalhada das razões para tal visita e assim por diante. Sem um bom motivo, nem eu, o Vice-Capitão de Polícia, tenho permissão para entrar na Cidade Portuária. ”

Isaac olhou para Ratt como se não pudesse acreditar no que acabou de ouvir.

“Eu posso adivinhar o porquê, mas vou ouvir o motivo de qualquer maneira.”

Ratt coçou a cabeça ao responder.

“Antes da construção da ponte, não havia tais restrições. Mas… você entende como a vida é difícil em nossa cidade. Muitos de nossos cidadãos dormiam aqui, mas passaram algum tempo na Cidade Portuária. As latas de lixo da cidade bastavam para alimentar muitas famílias, e mendigar nas ruas rendia mais dinheiro do que o trabalho trabalho duro diário.”

“…”

“A situação piorou quando o número de crimes começou a crescer, principalmente roubos e furtos e guerras de gangues violentas começaram a ocorrer à medida que cada gangue disputava seu próprio território dentro da cidade. Por causa disso, o povo da Cidade Portuária fez uma petição. ”

“E o prefeito aceitou?”

“O prefeito, que estava no poder na época, recusou, de forma bastante direta. Ele disse que não deveria haver restrições à entrada, mas logo foi promovido e transferido para a capital..O prefeito que o sucedeu aceitou rapidamente a petição. Muitos prefeitos vieram e se foram desde então, mas esta política nunca mudou. ”

Isaac só conseguia rir do que estava ouvindo. A Nova Cidade Portuária se viu completamente isolada do resto do mundo, quando se olhava para sua geografia. A única maneira de sair era passando pela Ponte até a Cidade Portuária e depois sair pelos transportes ou embarcar ilegalmente em um dos navios de carga.

Essa política impedia deliberadamente qualquer pessoa que quisesse sair do ciclo da pobreza nesta cidade, por mais decidida que fosse. E quando a esperança é tirada das pessoas, elas só podem cair em desespero. O povo da Cidade Portuária havia tirado a última possibilidade de as pessoas das favelas recuperarem suas vidas, puramente para conservar a beleza da cidade e também para sua comodidade. Eles estavam dispostos a substituir o prefeito por esse objetivo. Embora, em geral, Isaac pudesse entendê-los. Se ele próprio fosse cidadão da Cidade Portuária, provavelmente também teria assinado esta petição.

“Eu juro, os humanos são iguais, não importa o mundo.”

Os humanos são seres egoístas. Dane-se o bem-estar. Quantas vezes no mundo passado ele viu pessoas tumultuando impedindo a construção de prédios de serviços públicos em sua vizinhança porque isso reduziria o preço de suas casas? Contanto que o problema não os preocupasse pessoalmente, eles não se importavam profundamente. Nenhum deles realmente deu suas vidas para ajudar os fracos ou consertar o mundo injusto.

Com uma expressão indiferente no rosto, Isaac entrou no prédio que servia como um dos dois pilares da ponte. Os guardas o ignoraram. Além da sala para os atendentes, havia apenas uma escada que levava ao topo. Subindo as escadas, Isaac congelou por um momento com ampla vista de boas-vindas.

Mais uma vez, ele parou no meio da ponte. Encostado na grade alta, acendeu um cigarro, olhando para o lago.

Assim que ele terminou e atravessou a ponte, um novo mundo se abriu à sua frente, bem diferente da Nova Cidade Portuária. As ruas limpas, carruagens e carros circulavam pelas estradas de asfalto. Homens e mulheres com roupas da moda caminhavam livremente pelas calçadas.

“Como o mundo pode mudar tanto ao atravessar uma ponte?”

Isaac caminhava pelas ruas com as costas curvadas e as mãos nos bolsos. Vestido com uma camisa e calça simples, ele parecia um típico desempregado vagando pelas ruas em busca de pelo menos algum dinheiro. Sua aparência se destacou e chamou a atenção, como se ele fosse o único dedo azul em uma mão completamente branca, e as pessoas que o viram franziram a testa e imediatamente desviaram o olhar, tentando evitar até o contato acidental com ele. Aos olhos deles, ele parecia um vagabundo patético e um mendigo.

“Talvez uma parada para um lanche?”

Ao passar por vários cafés e restaurantes, Isaac de repente percebeu como estava com fome. Na verdade, ele não comia nada há algum tempo.

Depois de caminhar um pouco pelas ruas em busca de um restaurante, ele encontrou um restaurante chamado Montaigne onde os clientes saboreavam seus chás e refeições com elegância no terraço ao ar livre.

Isaac se sentou em uma das mesas quando de repente tudo ficou quieto. No entanto, não por muito tempo. Logo, vozes descontentes foram ouvidas.

“O que? Quando eles começaram a aceitar pessoas como ele? ”

“Tsk. Eu perdi meu apetite. Gerente! Traga-me a conta! ”

“Acho que este lugar está acabado.”

Surpreso com a repentina comoção, o gerente saltou imediatamente para o terraço e começou a pedir desculpas a todos os clientes. Nesse momento, todo um grupo de garçons rodeou a mesa em que Isaac estava sentado.

“Como um vagabundo como você ousa entrar aqui? Saia agora!”

“Caramba, por que é tão difícil ter uma boa refeição. Tem certeza de que é assim que você deve tratar seus clientes? ”

Os garçons nem tentaram esconder o riso zombeteiro.

“Você ao menos sabe onde é esse lugar? Este é um restaurante administrado pela Guilda Egrino. Você pode trazer todo o dinheiro que ganhou em toda a sua vida e ainda não conseguirá pagar por um único chá aqui. Como você ousa ter a audácia de entrar aqui?”

Isaac não tinha ideia de por que eles o estavam tratando assim. Não importava as roupas que ele usasse, eles não seriam atrevidos assim de tratá-lo tão mal quando o símbolo da Universidade… foi quando Isaac percebeu.

Ele se esqueceu de prender o emblema em suas roupas novas quando se trocou na noite anterior. E sem isso, aos olhos deles, ele não era nada.

Isaac suspirou, e ia se levantar da cadeira. Mas ele foi interrompido pelo grito de um homem.

“O que é essa comoção aqui?!”

Os garçons se afastaram e um gordo arrogante se aproximou de Isaac. Ele estava vestindo roupas brilhantes e caras e em cada dedo havia um anel decorado com uma joia gigante. Ele estava usando muitos colares em seu pescoço. Ele parecia um típico comerciante malvado.

“Eu sou…”

“Como pode ainda haver um mendigo que se atreve a entrar no meu restaurante! O que você está fazendo?! Jogue-o fora daqui imediatamente! ”

Com isso, Isaac foi rapidamente puxado para fora de sua cadeira pelos garçons. E antes que ele percebesse o que estava acontecendo, os garçons o jogaram na rua. E enquanto ele se sentava no chão, perplexo e confuso, os garçons conversavam entre si, fazendo caretas de desgosto e resmungando algo sobre o fato de agora terem que lavar bem as mãos. O gordo voltou-se para os clientes, desculpando-se, e um dos clientes chegou a aplaudir a excelente resolução da situação.

Ninguém deu a mínima para Isaac. As pessoas que passavam na rua se viraram e tentaram de todas as maneiras possíveis retratar que ele não existia.

“Ah. Ser completamente ignorado é uma experiência totalmente nova. ”

Isaac se levantou e voltou para a Nova Cidade Portuária.


PRÓXIMO CAPÍTULO

PÁGINA

CAPÍTULO ANTERIOR