Flex novel magical explorer novel
Novel

Magical Explorer Volume 1 Capítulo:8

Problema parte 1

 

Eu deixei minhas costas afundarem no sofá e coloquei um café gelado na mesa. Quando dei uma olhada na tela do meu smartphone, deixei escapar um pequeno suspiro.

 

 

Pensei ter passado muito tempo naquela loja, mas o hor√°rio da reuni√£o ainda est√° muito adiantado. Fui guiado pela loja por um tempo.

 

 

Eu olhei as mercadorias em volta, mas não consegui encontrar nada que despertasse meu interesse, o design delas não me agradou muito também, então comprei alguns itens que parecem necessários para a magia de encantamento.

 

……… Enfim, estou entediado.

 

Ao meu redor, h√° v√°rios alunos em suas f√©rias de primavera, um assalariado e uma empregada tomando uma bebida. √Č porque este caf√© fica ao lado de um hotel de luxo, tem muita gente que parece que veio de um mundo diferente do meu. Por exemplo, as pessoas nas redondezas est√£o usando algum tipo de uniforme ou terno, mas aqui estou eu, usando um pano simples. O grupo de alunos sentados nas proximidades tamb√©m est√° falando em tons educados.

 

 

O estrangeiro homem sentado perto parece que está trabalhando. Uma grande sacola foi colocada sob sua mesa e sobre a mesa estava um maço de papel cheio de cartas que eu nunca tinha visto antes. Ele está franzindo a testa com uma ruga na testa enquanto olha para seus documentos. A mulher sentada perto está mexendo seu smartphone com sua carteira aberta. A bebida na frente dela já está vazia, mas ela não deu sinais de ir embora.

 

 

Quando volto meus olhos para a mesa à minha frente e vejo que já bebi mais da metade do meu café gelado, um suspiro me escapou novamente.

 

 

Estou perdendo tempo aqui.

 

 

Seria bom se eu tivesse algum livro m√°gico comigo. N√£o, agora √© tarde demais. Todos os livros que considerei √ļteis j√° foram enviados para a casa de Marino-san.

 

 

Então, devo ir às compras mais alguns? Isso pode ser uma boa ideia.

 

 

Depois de terminar este café, vamos voltar para aquela loja e dar uma olhada.

 

 

O gelo já havia derretido no café. Eu derramei tudo na minha garganta, então me levantei e saí do café.

 

 

Quando minha viagem de compras terminou sem problemas, coloquei minhas m√£os em um livro de alquimia.

 

 

Volto para o caf√© onde estava relaxando antes. O funcion√°rio pode pensar “Esse cara de novo?” mas o ponto de encontro √© no sagu√£o do hotel de luxo ao lado, ent√£o √© melhor do que mudar para outro caf√©.

 

 

Nem preciso dizer que esse lugar tem ar-condicionado, um sofá confortável e eu consigo uma xícara de café deliciosa por mil ienes.

 

 

Se eu ainda estivesse no Japão, não ousaria ir a uma loja tão luxuosa. Naquela época, eu pedia uma bebida apenas até oitocentos ienes. Este seria um dos lugares que eu nunca me aproximaria. Mas agora minha posição é um pouco diferente.

 

 

‚ÄúHotel Hanamura-Teito, huh‚Ķ ..‚ÄĚ (NT: hotel imperial Hanamura, se preferir.)

 

 

O edifício prateado imponente na minha frente, um edifício ao qual os outros edifícios na área circundante não têm escolha a não ser inclinar a cabeça. O hotel que foi construído para os ricos, um hotel que deslumbra pelo seu design moderno que também convive em harmonia com a natureza. Aquele lindo jardim ao lado do hotel, eu me pergunto quanto custaria só para mantê-lo.

 

 

“Grupo Hanamura, hein.”

 

 

Falando do Grupo Hanamura, eles s√£o pessoas influentes no mundo m√°gico e financeiro. As palavras do presidente parecem ter poder suficiente para influenciar todo o pa√≠s. Hanamura Marino √© uma pessoa que saiu de casa, mas sem d√ļvida √© um de seus membros. Ela tamb√©m √© um dos pilares do mundo m√°gico. Sua destreza m√°gica √© real e ela tamb√©m tem influ√™ncia sobre o mundo m√°gico com grande n√ļmero de ativos que possu√≠.

 

 

Mesmo que Hanamura Marino sozinha já possuísse tanto poder e riqueza, eu me pergunto o que acontecerá se sua casa principal também for adicionada à foto.

 

 

Acabei de me tornar filho daquela Marino-san. Se você pensar sobre isso, minha mãe também deveria ser um membro da família Hanamura. Mesmo quando o jogo se tornou realidade, ainda não sei muito sobre sua mãe. Só posso imaginar que seus pais fugiram.

 

 

(………… Bem, vamos para o café.)

 

 

Eu murmurei, mas quando eu olho em volta nesae momento. aconteceu.

 

 

O que meus cinco sentidos entregaram a mim primeiro √© um flash. ent√£o imediatamente segue pelo som de uma explos√£o. A √ļnica coisa que me atinge primeiro √© o vento quente. A fuma√ßa preta e o odor de queimado est√£o se espalhando enquanto o ambiente ao redor cai no caos.

 

Eu fiquei sem palavras.

 

Gritos e gritos ecoaram nas pessoas ao redor enquanto elas fugiam da fumaça negra. Eu só conseguia olhar para o café onde o incêndio começou.

 

Várias pessoas estão saindo do café. Os que caminham com os braços, os que carregam outra pessoa pelo ombro e os que cobrem a boca com o lenço.

 

(Eu tenho que sair deste lugar também.)

 

Quando desviei meu olhar do café, encontrei uma pessoa que se destaca.

 

(… O que h√° com ele, aquele estrangeiro.)

 

Entre as pessoas que fogem em p√Ęnico, ele estava calmo. Seu rosto n√£o mostra amargura nem se distorce de medo. N√£o consigo ver nenhuma emo√ß√£o nele, assim como os trabalhadores fazendo sua rotina de trabalho em uma f√°brica.

 

Não apenas sua expressão, sua ação também está deslocada.

 

 

Ele não foi em direção ao lugar para o qual as pessoas estão tentando fugir, ao invés disso, ele está indo para o hotel próximo ao café como se tivesse algum objetivo em mente.

 

 

Ele come√ßou a caminhar em dire√ß√£o ao lugar que planej√°vamos ficar, Hanamura Teito Hotel. Do hotel, as pessoas est√£o em p√Ęnico e lutando para sair do hotel. Ent√£o, quando olho para o caf√© novamente, fico perplexo. V√°rias pessoas rodeavam o caf√© com seus smartphones usando-o para ligar para outras pessoas, algumas pessoas at√© usam seus telefones para filmar a cena.

 

 

Eles não se preocupam que haverá outro ataque após a primeira explosão?

 

Aquele estranho estrangeiro continua caminhando em direção ao hotel onde essas pessoas estão começando a se reunir. Ele foi contra o fluxo de pessoas e entrou.

 

Decidi segui-lo por tr√°s.

 

O interior do hotel é barulhento. Os clientes e recepcionistas estão confusos, vozes raivosas foram ouvidas ao redor. Há um homem de terno que está fazendo uma ligação. Um casal de idosos falando sobre algo para a equipe. Uma criança que olha em volta enquanto chora e sua mãe que segura sua mão como se para protegê-lo. O homem desconfiado passa pela dupla de mãe e filho e segue para o corredor.

 

Quando ele se aprofundou no hotel por alguns minutos, ele finalmente parou.

 

Na frente dele est√° uma porta, ao lado da porta est√° um homem ruivo de terno. Eles parecem estar falando baixinho, ent√£o n√£o consigo ouvir o que est√£o falando.

 

Enquanto tentava chegar um pouco mais perto, ouvi uma pequena explos√£o do outro lado da porta.

 

Posso ouvir o homem ruivo na frente da porta mexendo a língua. Eles parecem estar falando sobre algo quando entraram na sala juntos.

 

Eu secretamente sigo atr√°s deles.

 

A sala em que entraram é um grande salão de festas. Eles tinham algum tipo de festa buffet aqui? Há uma grande mesa que parece que estava lá para colocar comida e pratos, mas agora a comida e os pratos estão espalhados pelo chão. Quando eu dou uma olhada, vejo vários homens em um terno, cercando alguém.

 

Percebendo a mesa próxima, levantei a toalha e mergulhei sob ela.

 

Eu me concentro e tento ouvir o que eles est√£o dizendo.

 

“Seus traidores malditos!”

 

Parece que uma jovem enfurecida est√° gritando com algu√©m. ‚ÄúRetribuindo nossa bondade com mal√≠cia, faltou a voc√™s o que √© importante para um ser humano, voc√™s‚ÄĚ n√£o s√£o nada al√©m de lixo. ‚ÄĚ

 

Enquanto ouço sua enxurrada interminável de insultos, lentamente levanto a toalha da mesa. Então, quando vi o que estava diante de mim, minha voz quase saiu.

 

Três pessoas estão sendo cercadas. Um homem e uma mulher com orelhas compridas estão parados na frente de uma garota como se estivessem tentando protegê-la, todos têm uma varinha nas mãos.

 

Na minha frente est√° uma mulher de olhos azuis e longos cabelos loiros em um penteado meio para cima. Seus olhos se ergueram de raiva, ela tamb√©m tem orelhas ligeiramente pontudas que est√£o tremendo. Essa apar√™ncia … n√£o h√° engano …

 

(Essa é uma das heroínas principais !!)

 

A versão inicial do Explorador Mágico tem doze heroínas (incluindo heroínas principais e sub-heroínas) que podem ser capturadas. Entre eles há um que é especialmente popular. Uma das heroínas principais, Ludivine Marie-Ange de La trèfle. Por causa de seu nome difícil de lembrar, seus amigos e os cavalheiros (jogadores) a chamavam de Ludi.

 

Ainda me lembro da sensação agradável quando fui repreendido por ela no jogo. Para quem tem um tipo especial de fetiche, aqui referido como paciente Ludisease, poder chamá-la pelo nome completo é obrigatório. Nem preciso dizer que posso dizer o nome completo dela.

 

Na velha novela popular, h√° hero√≠nas com um nome dif√≠cil de lembrar, como um tsundere de cabelo rosa e seios min√ļsculos ou uma garota vampira que pode mudar sua forma para uma mulher adulta que por acaso ama o senhor donut. Por que diabos eu sou capaz de me lembrar de um nome t√£o longo e ainda perco as esperan√ßas ao estudar para as provas?

 

Bem, que tipo de heroína era Ludi, você pergunta?

 

Ela √© uma mulher com androfobia. N√£o, √© mais como se ela n√£o odiasse apenas os homens, mas todo o pr√≥prio ser humano. Simplificando, ela √© uma hero√≠na do tipo legal que costuma usar palavras duras ao se dirigir a outras pessoas (especialmente aos homens). Portanto, quando voc√™ tenta se aproximar dela, ela geralmente diz algo como ‚ÄúAfaste-se de mim‚ÄĚ com uma voz zangada. No entanto, isso foi apenas no in√≠cio. Depois de completar um certo par e ficar mais perto dela, a atitude dela vai virar 180 graus.

 

Sim, ela vai virar DereDere(NT:TSUNDERE) antes que você perceba.

 

Ela é como uma fruta azeda, mas você pode transformá-la em uma doce, desencadeando um determinado evento e resolvendo sua preocupação.

 

Além disso, sua reação a outros homens que não o protagonista, de alguma forma, ficou mais dura. Ela até tratou Takioto Kousuke menos do que um inseto. Mas isso parece provocar o desejo dos cavalheiros de monopolizá-la, daí sua extrema popularidade. Mais tarde, no DLC, mesmo com doze heroínas adicionais, sua popularidade nunca foi ofuscada.

 

Porém, por que ela odeia tanto as pessoas (e especialmente os homens)?

 

(√Č esta a causa?)

 

Ludi e companhia, que estão sendo perseguidos, sacaram suas armas de formato estranho. Ao mesmo tempo, o homem suspeito que eu seguia secretamente do café também preparou sua arma.

 

‚ÄúMinha senhora, voc√™ est√° cometendo um erro. N√≥s nunca tra√≠mos voc√™ … Em primeiro lugar, nunca estivemos do seu lado. ‚ÄĚ

 

Um homem skinhead respondeu a Ludi.

 

Avaliando a situação, parece que esses caras trabalhavam para Ludi.

 

O rosto de Ludi se contorceu de raiva enquanto rangia os dentes. Ela est√° sendo encurralada na parede pelos homens que se aproximam, seus olhos n√£o mostram nenhum sinal de desistir.

 

Quando vi isso, lembrei-me do que estava escrito no blog do desenvolvedor.

 

[Por que Ludivine odiava tanto os homens ?, h√° uma raz√£o adequada para isso. Quando descobrimos um cen√°rio para ela, pretend√≠amos que ela n√£o fosse virgem. Ent√£o, quando propusemos isso, os superiores nos disseram ‚ÄúAs reclama√ß√Ķes vir√£o at√© n√≥s como um tsunami. Ent√£o, por favor, voc√™ pode fazer qualquer outra coisa, voc√™ pode faz√™-la morrer por um desastre natural, renascer de uma dimens√£o diferente ou ter seu corpo possu√≠do por um deus do mal, apenas, POR FAVOR, que ela seja virgem. ‚ÄĚ kkkk. Bem, no final n√≥s chegamos com v√°rias configura√ß√Ķes para ela e ela finalmente acabou virgem hahaha. ]

 

Foi isso que o roteirista sugeriu, era como se eles tentassem arranjar uma briga com a gente, senhores (jogadores de Eroge).

 

Depois que os jogadores se aproximaram de Ludi no jogo, houve um evento que revelou seu passado.

 

‚Äú Fui tra√≠do pelas pessoas em quem confiei no passado. ‚ÄĚ

 

ela confessou isso com uma expressão de que estava prestes a chorar. Essa figura dela foi gravada em meu cérebro.

 

Esta cena deve ser a causa.

 

O que devo fazer?

 

Ajudá-la aqui pode causar muitas mudanças na história. A organização que é hostil a ela aparece como inimiga desde o início até o meio do jogo, então também há a possibilidade de que eles ainda não a machuquem.

 

Devo ir ajud√°-la?

 

N√£o, espera. Em primeiro lugar, eu realmente tenho poder suficiente para salv√°-la?

 

Posso realmente lutar contra suas armas desconhecidas com o equipamento que tenho? S√≥ tenho um estola e meu cachecol reserva. Se esta estola for furada ent√£o …

 

Al√©m disso, o eu que nunca experimentou uma luta real ter√° alguma utilidade? A √ļnica coisa que se assemelha a uma t√©cnica de luta que conhe√ßo √© o Jud√ī que aprendi na √©poca de estudante e j√° esqueci tudo depois. Serei realmente capaz de salv√°-la?

 

Além disso, se fosse exatamente igual ao jogo, então quem deveria salvar Ludi no cenário era Marino-san. Não eu, mas Marino-san. Eu sei muito de sua linha no jogo.

 

No caso de eu fugir, posso piorar a situa√ß√£o e dificultar a a√ß√£o de Marino-san. Na pior das hip√≥teses, posso ir direto para o fim. √Č melhor simplesmente voltar atr√°s e tratar isso como se nunca tivesse acontecido?

 

“Que tal desistir j√°?”

 

O homem skinhead disse a Ludi. Mas Ludi não balançou a cabeça.

 

‚ÄúN√≥s temos a Parede de Ferro Claris do nosso lado, voc√™ n√£o poderia romper a defesa dela. Se esta for uma luta prolongada, seu cara estaria em desvantagem, n√£o? ”

 

Claris é a mulher segurando a varinha que estava na frente dela? Eu nunca a vi no jogo antes.

 

O skinhead olhou para ela e encolheu os ombros.

 

‚ÄúMeu Deus, Ojou-sama. Voc√™ acha que n√£o viemos preparados? ‚ÄĚ

 

“O que voc√™- … eh?”

 

Quando o skinhead disse isso. Algo passou pelos olhos de Ludi e Claris caiu no ch√£o.

 

Passando na frente dela estava um homem que estava ao lado de Claris, um cara bonito que deveria estar ao seu lado. Claris parece ter recebido um golpe no est√īmago e ela caiu no ch√£o enquanto segurava o est√īmago. O cara bonito ent√£o pisou nela.

 

“Ahhh.”

 

Ele pisou nela novamente e novamente até que seu grito parou e sua expressão se distorceu em agonia.

 

‚ÄúNem pensar, √© mentira, √© mentira, certo? ‚Ķ‚Ķ‚Ķ ..Aurelian, at√© voc√™ tamb√©m ?.‚ÄĚ

 

O rosto de Ludi que era tão forte até agora desmoronou e parece que ela vai chorar a qualquer momento. Seus membros estão tremendo tanto quanto posso dizer daqui, embora não haja para onde escapar, ela tentou fugir. Então ela percebeu que estava de frente para a parede e olhou para trás. Ela foi lembrada de que não havia como escapar.

 

‚ÄúKuku hahahahaha, Haaaahahahhahaa‚ÄĚ

 

Quando ele viu isso, Aurelian riu alto. ele estava segurando a barriga e rindo dela.

 

‚ÄúSim, esse √© o rosto que eu queria ver! haha, essa √© a raz√£o pela qual eu mantenho o ego√≠smo de um pirralha como voc√™ h√° anos. √Č tudo por este momento !! Isso √© o melhor!.”

 

Então os skinheads deram um passo à frente. Todos eles apontaram suas armas para Ludi e se aproximaram dela lentamente.

 

“Ei ei , n√£o se atreva a atirar nela agora, eu preciso me divertir um pouco antes de mat√°-la.”

 

Aquele Aureliano disse isso com um sorriso enquanto os homens ao seu redor aplaudiam.

 

Peguei meu cachecol reserva e enrolei para esconder meu rosto. Ent√£o ajusto o cachecol para proteger minha vis√£o. Depois disso, usei magia de fortalecimento para melhorar meu corpo, o cachecol e minha estola.

 

O skinhead se aproxima lentamente de Ludi enquanto Aurelian ri loucamente.

 

N√£o h√° nem dez metros entre eles.

 

Uma linha de líquido estava sendo feita do olho de Ludi. uma gota de suas lágrimas caiu de uma de seus olhos.

 

Aah, essa √© uma sensa√ß√£o t√£o estranha. A raiva subiu √† minha cabe√ßa, mas de alguma forma minha mente ainda est√° clara. √Č meio contradit√≥rio, mas s√≥ posso colocar dessa forma.

 

Bem, ent√£o vamos fazer isso.

 

(O desenvolvimento pode mudar, ent√£o n√£o posso ajud√°-la.)

 

(J√° que parece perigoso, vou ignor√°-lo.)

 

Essas escolhas j√° se foram da minha mente.

PR√ďXIMO CAP√ćTULO

P√ĀGINA

CAP√ćTULO ANTERIOR