Regressor
Regressor Instruction Manual

Regressor Instruction Manual: Capítulo 454

Finalmente acabou.

Eu queria dormir, mas sabia muito bem que não podia fazer isso. Havia muitas coisas para resolver e pensar.

Primeiro eu tenho que queimar as provas. Eu pensei que seria melhor fazer parecer que Lee Kiyeon se mudou para outro continente do que fazer parecer que Lee Kiyeon não existia em primeiro lugar.

Todos os itens que foram usados serão descartados.

Vi que a situação estava acabada até certo ponto depois de falar com a Lee Jihye para o processamento de tudo. Amanhã bem cedo, a mulher chamada Lee Kiyeon provavelmente vai para o distante Reino Unido.

(Preciso mesmo fazer isso?)

Pensei sobre, mas percebi que neste momento, é melhor ser cauteloso. Não é como se eu perdesse dinheiro se fizesse as coisas um pouco mais cautelosamente.

(E…)

Não importa se Kim Hyunsung jogou fora os sapatos que a puta-rela deixou para trás, no entanto, eu não vejo ele fazendo uma coisa dessa.

Como ele admitiu que estava um pouco interessado, então, é bem mais provável que ele viesse aqui pela manhã. Claro, ele veria que veio tarde demais depois de ouvir a notícia de que eu tinha partido.

Pensei se seria melhor deixar uma carta, mas seria mais útil ajudá-lo a cortar os laços com Kiyeon da Luz do que dar a ele falsas esperanças.

(Apenas guarde tudo como boas lembranças. Sim. Com certeza.)

Se ele continuasse com sua persistência, acho não seria ruim cuidar disso como se ela tivesse morrido em uma masmorra. Independentemente disso, acho melhor esquecer tudo.

Porque tenho muito coisa para fazer em vez de viver no passado.

Desde que a magia das fadas que confundiu a magia de detecção da Jung Hayan dissipou-se, ela com certeza já deve saber onde estou.

Como era tarde da noite, ela deve estar na terra dos sonhos, mas ela virá assim que amanhecer. Acho que é uma boa ideia acordar um pouco mais cedo e ir direto para a Guilda Azul.

“Eu preciso acabar com isso e ir para a cama logo. Ahhh….”

Organizar as coisas depois de terminar um grande trabalho parece ter se tornado um dos meus hábitos.

Como não sou inteligente, tenho que fazer isso de vez em quando antes de decidir o próximo passo.

(Primeiro…)

O Museu…

(Não é ruim.)

Com certeza é algo que ajuda na evolução dos aventureiros.

É melhor do que eu esperava e imediatamente senti que o próprio sistema estava bem estabelecido.

O preço é justo também. Parece um pouco caro, mas pelas inclusões compensa.

Se eu fosse para mim avaliar, daria cerca de 4 de 5 estrelas.

Não precisava remover ou implementar algo. E isso depende das reclamações, mas ainda é o suficiente para ajudar a Deusa neste momento tão crítico.

O problema está em outro lugar.

Estou preocupado com o Clã da Amizade.

Na verdade, posso dizer que estou preocupado com os aventureiros que estão lutando em Lindel.

Tive que dar uma olhada no status deles, o Clã da Amizade, como dizem, é um dos clãs que está apenas começando a fazer seu nome. Suspirei pensando nisso.

Claro, o Clã da Amizade não está ligado de forma alguma à Guilda Azul, mas eu acho que teremos que lutar juntos no futuro, então, é natural que eu fique preocupado.

(O nível deles é muito baixo. Não, nem é esse o problema.)

Conforme eu me lembrava deles em ação e seus comportamentos, ficava cada vez mais preocupado.

Com suas estatísticas está tudo bem no Museu, mas eu não tenho tanta certeza fora daqui.

Enquanto pensava nos acontecimentos da primeira linha, algo me veio à mente.

Não sei exatamente como foi a primeira linha, mas se meu palpite estiver certo, provavelmente foi no período da guerra na época. Independentemente de ser uma guerra entre países ou entre estrangeiros e povos do continente, resultou em batalhas sem fim.

É óbvio que Lee Cheol-woo e Kim Daegun do Clã da Amizade estariam no meio do campo de batalha. Mesmo que eles não tentassem evoluir, tenho certeza de que melhoraram ao longo da jornada.

Não só eles tiveram que lutar o dia todo, mas tiveram que enfrentar a morte de um amigo.

Pensando de forma simples sobre isso, é claro, essa linha que estamos é melhor que a primeira.

No entanto, se eu pensar sobre isso de um ponto de vista um pouco diferente, também é difícil dizer que a situação atual é boa.

Devido aos acontecimentos da primeira linha que acabou diminuindo o número de pessoas que podiam lutar, também contribui muito se livrando dos fracos. Acredito que as pessoas que passaram por muita coisa e sobreviveram e lutaram até o fim com Kim Hyunsung eram experientes o suficiente para serem chamadas de veteranas.

E os aventureiros de hoje em dia?

Agem de forma patética contra monstros de nível heroico. Considerando que nosso adorável regressor fracassou na primeira linha mesmo com bons guerreiros… Não poderíamos ter sucesso com pessoas como os membros do Clã da Amizade, mesmo que tivéssemos muitas tropas.

“Isto é um problema…”

E deve ser levado a sério.

Seria bom saber quando e onde a ameaça começará, mas levando em consideração a reação do Kim Hyunsung; acho difícil que seja logo.

Ele não parecia ocupado.

O problema é que não ocorreu nada. Sem conflito, sem guerra. Sem batalhas e sem evolução.

Fazendo expedições no Museu ou na Masmorra Demoníaca, eles poderiam equiparar às estatísticas, mas não ao aspecto psicológico.

Não haverá ninguém como um guerreiro triunfando em uma batalha tensa ou um herói triunfando depois da morte de um companheiro.

Por quê?

Por causa da paz.

Em meio a crises que se criava heróis e fortalecia os exércitos. Parece besteira, mas é um fato inegável. Eu sinto que preciso criar um conflito, já que está tudo tão calmo.

(Devo usar uma máscara?)

Pensei em tal besteira, mas mesmo um conflito artificial seria bom para o atual continente. Isso significa ter que enfrentar mais uma crise. A questão é como fazer isso.

(Devo libertar algum monstro de nível mítico do museu?)

Isso está fora de cogitação.

Não havia como negar que se um Deus Antigo ou aquele com chifres, fossem libertados, seria impossível vencer uma crise dessa.

(Talvez uma guerra?)

Vale a pena pensar nessa possibilidade.

No entanto, abrir uma ferida que acabou de fechar não é uma boa ideia.

Isso também está fora de cogitação.

O continente recentemente se tornou apenas um. É impossível fazer alguém agir agora.

Talvez…

(Belial?)

Ele é um demônio, e tenho a sensação de que ele cooperará por algum motivo.

No entanto, lembrando que ele me apunhalou pelas costas, minhas dúvidas começaram a aumentar. Com isso, minha cabeça começou a doer.

Não consigo ter uma boa ideia mesmo deitado. Não, não poderia decidir isso por conta própria em primeiro lugar.

Eu preciso do Hyunsung.

Preciso falar com Kim Hyunsung urgentemente.

Eu tenho que ver como ele está, o que ele pensa sobre a situação atual e outras coisas.

No momento, parece que ele estar focado em sua evolução, mas ele deve ter um plano. Queria passar o resto da minha vida apenas confiando em Kim Hyunsung, mas não há como confiar em um cara que não tem coragem nesse aspecto.

Confiar demais não é bom.

Pensei em tudo que Kim Hyunsung havia mostrado até agora.

Na verdade, temo que ele pense que tudo está perfeito e apenas acene com a cabeça. Seria melhor se ele continuasse ansioso.

No entanto, isso também pode ser chamado de problema. Sei de pouca coisa. A melhor coisa na situação atual é que Kim Hyunsung retornou e seria bom se ele falasse. Eu entendo porque ele não fez isso até agora é uma escolha bem difícil.

Suas suspeitas sobre mim não desapareceram totalmente. Seria bom se ele se abrisse para mim primeiro.

(Se ao menos…)

Se ao menos ele confessasse que voltou no tempo, e
contasse-me o que aconteceria no futuro…

Nem preciso dizer como as coisas seriam mais fáceis.

(Caramba… Seria um sonho.)

O que o futuro reserva é como uma história vaga. Acho que nem faria diferença revelar pela primeira vez que tenho o Olho da Mente, mas não importa como eu pense sobre isso, é irracional no momento.

De alguma forma, eu tenho que obter informações quando conversar com Kim Hyunsung.

(De qualquer maneira. Logo, logo vamos conversar.)

E eu tenho Yuno Kasugano e sinto que seria melhor decidir com base nas informações futuras.

Depois de pensar, andei pelo quarto sem motivo, tomei um rápido banho quente e depois deitei na cama novamente.

Sinto como se tivesse fechado os olhos por um breve momento, mas já era de manhã quando os abri.

(Merda… Exagerei.)

Sinto dor em todo o meu corpo, como se eu estivesse exagerado muito recentemente.

Eu me sinto tão cansado, mas estou feliz por não estar de ressaca. É cedo ainda. Parece que sonhei com Jung Hayan, ela estava comigo depois de tanto tempo, mas não consigo me lembrar direito.

O que me deixa um pouco envergonhado é que foi bem erótico.

Apesar de não ser frustrante, o sonho parecia ser um efeito colateral por voltar a ser homem depois de muito tempo.

“Ahhh! Ugh…”

Olhei para o lado, e vi que a janela estava aberta. Não me lembro bem, mas depois de abri-la ontem acho que acabei dormindo.

“Tão descuidado. Droga… o que você faria se um assassino entrasse? Lee Kiyoung, seu bastardo estúpido.”

Claro, tudo bem porque nada aconteceu.

Depois de enxugar levemente o rosto, bebi uma xícara de chá e olhei pela janela.

Sinto que estou rejuvenescendo lentamente sob os raios do sol. Minha mente fica um pouco mais calma quando me sinto relaxado.

Enquanto eu estava perdido em pensamentos por um momento, de repente me lembrei do sonho que tive na noite passada e corei.

As memórias nebulosas do sonho de ontem começaram a ficar mais claras em minha mente. É efeito da magia das fadas? Que estranho.

Foi quando ouvi uma batida na porta e uma voz do lado de fora.

“O-Oppa…”

“Hayan?”

“Sim.”

“Você veio sozinha?”

“Sim.”

Enquanto abria lentamente a porta, finalmente vi Jung Hayan depois de tanto tempo.

Fiquei um pouco hesitante quando a vi rindo como se estivesse de bom humor, mas não pude deixar de sorrir enquanto ela corria em minha direção para me abraçar.

O que é um pouco diferente do normal, eu continuava sentindo algo estranho.

(O que está acontecendo?)

Tenho certeza que é uma emoção que eu não sentir até então.

(Por que… ela parece tão sexy?)

Não, não é uma sensação comum. Senti como se tivesse sido dominado por alguma coisa. Não entendo, mas meu corpo agora estava reagindo intensamente a Jung Hayan.

(Isso nunca aconteceu antes…)


PÁGINA

CAPÍTULO ANTERIOR