Regressor
Regressor Instruction Manual

Regressor Instruction Manual: Capítulo 471

Geralmente, em casos assim é expresso usando meios inteligentes. É semelhante ao que as pessoas faziam quando enganavam alguém sem noção.

Ainda não tenho certeza se esses bastardos estão realmente preocupados comigo, ou se eles tinham outra coisa em mente, mas acho mais provável o último.

Mesmo que todos tenham se reunido para evitar a crise iminente no continente, todos aqui são basicamente estranhos.

Todos sabem, que apesar de estarmos nos dando bem agora, não há garantia de que acabaremos nos dando bem para sempre, ainda mais quando se leva em conta os grupos que estavam tentando manter um ao outro na rédea.

Nem preciso mencionar a Azul.

A mais poderosa em nome e realidade, com dezenas de negócios e poder de combate superior. Azul exercia uma influência muito grande em várias áreas.

Não se limita apenas a Lindel.

Como uma pequena guilda causa um impacto em todo o continente, então é normal que muitas guildas tivessem decidido reduzir um pouco sua influência.

Podem até estar me bajulando ou se preocupando, mas não é estranho achar que eles tem algo diferente em mente. Muitos cuja a renda vinha da venda de poções sofrem e alguns tiveram comércio ilegais fechados.

Era esperado que alguns ficassem de olho em nós mas não achei que fossem daqueles que estavam tentando tirar vantagem de mim.

Provavelmente foi planejado antes do treinamento, procuraram saber internamente sobre a Guilda Azul, e bolaram uns métodos para a Guilda azul.

Eles devem ter chegado a conclusão que a influência da guilda poderia diminuir consideravelmente se eles afastassem Kim Hyunsung e Lee Kiyoung, então… devem ter decidido que não seria ruim tentar.

(Não é um método ruim.)

Eu teria bolado um método parecido.

Externamente, a estrutura de influência da Azul era muito desequilibrada.

Kim Hyunsung me deu uma posição como Vice-Mestre da Guilda. Devido a essa posição, tenho grande influência em todas as áreas.

Não tinha como saber quem era realmente o mestre e, para o pessoal de fora, o status do ser humano cardeal honorário Lee Kiyoung é superior. Então como havia duas figuras com muita influência dentro da mesma Guilda, naturalmente poderiam supor que isso era uma grande fonte para conflito.

Se esse tipo de notícia de mim e Kim Hyunsung se espalhassem pelo continente, aposto que mais de dezenas de pessoas poderosas comemorariam.

(Nos últimos cinco dias…)

Eu secretamente fui usado em seus planos. Quando me inclinei para trás e olhei para as pessoas que me encaravam, me senti triste.

(Pensei que éramos amigos… bastardos desgraçados.)

Até Jamilla, que estava grudada em mim como Jung Hayan…

(Essa vadia não presta.)

Claro, ainda é muito cedo para tirar qualquer conclusão. Na verdade, acabei me divertindo na festa com essas pessoas maléficas.

(Sim. Eu não deveria desconfiar das pessoas assim logo de cara.)

Primeiro tenho que checar as águas. Quero ter certeza de que estou realmente sendo sendo usado. Com isso em mente, lentamente abri minha boca.

“Hahaha… Não é assim. Nosso Mestre não é esse tipo de pessoa. Se ele quisesse fazer algo assim ou se livrar de mim, ele já teria feito isso.”

“Hmm…”

“Cardeal Honorário… Sinto muito dizer isso, mas as pessoas estão destinadas a mudar. A guilda azul não é mais a guilda azul que costumava ser. Deve ter havido um tempo em que todos estavam felizes, mas agora a guilda não é mesma, não acha? É também a guilda que atraí a atenção e influencia todo o continente… No início, ele pode ter pensado que você estava no mesmo barco, mas ele pode estar preocupado com a crescente influência do Cardeal Honorário.”

(Nosso Hyunsung não é esse tipo de pessoa, bastardo. )

“Gerhan tem razão, Cardeal Honorário. Não estou dizendo que o Mestre da Guilda Azul é esse tipo de pessoa, mas você deve estar preparado caso algo aconteça.”

“Ugh…”

(Eles estão agindo como hienas.)

“Não há nada de errado ser cauteloso, né? Haha… Se você estiver preparado, vai se sentir mais a vontade. É bom preparar algo ao invés de tomar qualquer ação. Digo isso porque muitas coisas semelhantes aconteceram em nosso reino.”

“Sim. Levando em consideração o continente… Ninguém ficou parado vendo a crescente influência de não-Mestre. Por fora ele pode até estar sorrindo, mas pode estar preocupado com o Cardeal Honohario.”

“O simbolismo de ser escolhido pela Deusa Benignore… A habilidade de usar o poder da luz… Pensando bem, o Cardeal Honorário não é mais famoso de Lindel e do Estado?”

“O continente inteiro sabe que vocês dois confiam muito um no outro mas-”

“…”

“…”

“Por que vocês estão falando essas coisas? Nosso cardeal honorário está desconfortável… Temos mesmo que falar sobre isso em uma ocasião tão boa?”

Foi Jamilla quem acabou quebrando o silêncio.

Ela fingiu intervir e trocou olhares com eles, incluindo Gerhan. A troca de olhares foi tão rápida que eu não teria percebido se não fosse pelo meu olho da mente.

(Foi como se dissesse para eles não serem muito óbvios.)

Suspirei em resposta.

(Então, todos estão conspirando juntos. Esses bastardos.)

E com certeza eles pareciam muito apressados. Parecia que eles não tinham talento para isso, pois corriam como hienas sempre que viam uma pequena oportunidade, se estivesse no lugar deles, agiria com mais cautela.

Depois um mês preparando, em vez de cinco dias, eu teria criado uma situação semelhante depois de espalhar alguns boatos ruins. Esses bastardos também deviam ter algo assim em mente, mas eles não conseguiam se controlar quando viram uma isca tão deliciosa. Bom, levando em consideração o fluxo da conversa, é compreensível que eles tentassem.

(Uau. Tirando Hyunsung, não se pode confiar em ninguém neste mundo.)

Me sinto traído. Foi como se os bons momentos ​​dos últimos cinco dias tivessem sido completamente destruídos. E foi neste momento que me dei conta de que não deveria fazer amizade com pessoas tão gananciosas e maléficas.

(Bastardos, por que precisam fazer isso? É por causa do negócio de poções? Ou por causa da influência de Lindel? É porque expandimos nosso negócio até equipamentos? )

Na verdade não é uma ou duas que está me incomodando.

“Parece que Gerhan está um pouco bêbado. Esqueça as besteiras que ele disse e tome outra bebida, Cardeal Honorário. Ninguém disse na maldade. Todos devem ter dito isso para previnir, já que estão preocupados com o Cardeal Honorário, então não se preocupe.”

“Oh, nossa… sinto muito. Cardeal Honorário. Não deveria ter dito aquilo…”

“Sinto muito também. Não deveria ter dito aquilo tão levianamente…”

“Relaxe, cardeal honorário, por mim, tudo bem?”

“Aham… não fiquei assim por causa de vocês. Apenas pensei em algo do nada…”

“Bom. Se deixamos você desconfortável, peço desculpas por isso novamente, Cardeal Honorário.”

“Haha, está tudo bem. Vocês não disseram aquilo porque estavam preocupados comigo? Então é pelo contrário, o certo é dizer obrigado. Na verdade, não pensei por esse lado… parece um pouco inoportuno levar isso muito a sério no momento, mas não vejo problema em pensar sobre isso pelo menos uma vez.”

“Fico muito feliz que você pensa assim.”

“Se precisar de algo, fique à vontade para falar comigo, Cardeal Honorário.”

“Sim, quando chegar este momento, definitivamente falarei com você, Jamilla.”

(Eles têm uma química tão boa. Bastardos.)

Se Gerhan e os maléficos estavam agindo com pressa, então Jamilla ao meu lado agia com mais cautela.

Não sei se eles já se conheciam ou se formaram um grupinho às pressas para um objetivo em comum, mas quero elogiar a boa sincronia entre eles. Se Jamilla e eu ficarmos mais íntimos, seria mais fácil criar algum desafeto entre Kim Hyunsung e eu.

É difícil encontrar alguns métodos que sejam mais eficazes do que agulhas de pinheiro.

(Vou acabar com você, vadia.)

Inicialmente eu não pretendia fazer isso, mas tenho.

Na verdade, a situação em si é interessante. Era inimaginável que mesmo estando no Estado tem gente que ainda tenta me enganar.

Especialmente para aqueles que sabem que tipo de pessoa é o Cardeal Lee Kiyoung.

(Eu pareço fácil?)

Não sabendo de muita coisa podem pensar que sim. A imagem externa do cardeal honorário Lee Kiyoung era uma imagem de um santo que se sacrificou pelo continente.

Isso é o que todo mundo pensa, exceto a azul, o pessoal do Estado e algumas pessoas…

“Mas na verdade…”

“Sim?”

“Nada.”

Quando eu os testei parecendo que estava prestes a dizer alguma coisa, os rostos dos maléficos estavam em êxtase, um espetacular de se ver.

“Algo o incomoda?”

“Ao invés de incômodo… eu apenas tive a sensação que meu relacionamento com o Mestre da Guilda parece diferente ultimamente…”

(Quem mais estar envolvido?)

“É difícil dizer, mas… você pode falar à vontade. Só ficará entre a gente e o Cardeal Honorário.”

Eles não estão fazendo isso apenas comigo.

Eu não tive escolha a não ser me perguntar quem estava fazendo isso com Kim Hyunsung.

É apenas um chute, mas talvez seja a mulher que falou com Kim Hyunsung quando chegamos.

(Kylie Yale?)

Mesmo depois, eu ainda a vi com Kim Hyunsung algumas vezes.

(Tenho quase certeza.)

——

“Está sozinho, mestre da guilda azul?”

“Ah… Kylie.”

“Devido ao trabalho deve estar cansado.”

“Estou acostumado com isso. A propósito, por que você veio de novo hoje.”

“Achei que você ainda não tinha comido, então pensei em fazer uma refeição juntos. Você comi bem tarde, não é? Se estiver tudo bem para você… Podemos comer juntos na Azul? Se você não quiser, vou indo…”

“Não. Tem algo que quero te dizer também… pode vir. Vamos. Me acompanhe.”

“Obrigado, mestre da guilda azul.”


PÁGINA

CAPÍTULO ANTERIOR